É possível fazer o pagamento do INSS em atraso? Quem pode?

E Possivel Fazer O Pagamento Do Inss Em Atraso Quem Pode Blog - LETTIERE & RODRIGUES | Contabilidade em São Paulo

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja quais segurados podem realizar o pagamento das contribuições do INSS em atraso

As contribuições realizadas pelas pessoas ao INSS, são responsáveis por garantir o direito à aposentadoria e demais benefícios da Previdência Social.

Dessa forma, desde que uma pessoa inicia uma atividade remunerada devidamente registrada de carteira assinada, ela deve começar a contribuir para o INSS.

Resumidamente falando, a partir do momento em que uma pessoa começa a trabalhar e ganhar dinheiro ela deve começar a contribuir com o INSS.

No entanto, não é somente quem trabalha de carteira assinada que deve contribuir mensalmente para o INSS não.

Isso porque, os trabalhadores autônomos e MEIs, por exemplo, também podem contribuir para a Previdência Social, porém, como contribuintes individuais.

A diferença aqui é que no caso do trabalhador que exerce atividade de carteira assinada, a contribuição junto ao INSS é feita automaticamente pelo empregador.

Já nos demais casos a responsabilidade de contribuir para a Previdência Social fica por conta de cada pessoa.

Nesse sentido, uma dúvida muito comum por parte dos trabalhadores que contribuem ao INSS principalmente aqueles que contribuem de forma voluntária é com relação ao pagamento das contribuições em atraso.

Posso pagar as contribuições em atraso?

Conforme texto legal, os segurados podem sim, realizar o pagamento das contribuições que ficaram em atraso, porém, somente no caso dos seguintes contribuintes:

Contribuinte individual ou autônomo

No caso do trabalhador autônomo, que trabalha por conta própria, o mesmo tem a possibilidade de pagar a contribuição atrasada de qualquer época.

Para isso será necessário respeitar o período de atraso. Isso porque se o período for superior a cinco anos, o mesmo deverá, necessariamente, comprovar trabalho, bem como aquele que possui o atraso menor que cinco anos e que nunca tenha realizado contribuições como individual.

Vale lembrar que caso o atraso seja inferior a cinco anos e o contribuinte já estiver inscrito na categoria ou atividade correspondente, não será necessário comprovar a atividade profissional remunerada.

Trabalhador rural

O trabalhador rural que queira realizar o pagamento das contribuições em atraso, o mesmo deverá comprovar o exercício de atividade rural no período pretendido para pagamento.

Além disso, a legislação somente exige a indenização no que se refere aos períodos após o ano de 1991.

Contribuinte facultativo

No caso do contribuinte facultativo, o mesmo diz respeito às pessoas que não exercem atividade profissional, mas que mesmo assim pagam o INSS para garantir os benefícios previdenciários.

Nessa situação, o contribuinte facultativo pode pagar as contribuições em atraso que não ultrapassem o prazo de seis meses.

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

RECLAMAÇÕES TRABALHISTAS JULGADAS IMPROCEDENTES

As Reclamações Trabalhistas foram julgadas totalmente improcedentes em 1ª instância. Os Reclamantes ingressaram com Recurso Ordinário, sendo negado provimento à ambos os Recursos. Nos dois processos atuamos em prol da Reclamada. Um dos processos abrangia, dentro outros pedidos, o reconhecimento

Atencao Descubra Abora Se O Bcp Pode Ser Suspenso Blog - LETTIERE & RODRIGUES | Contabilidade em São Paulo

Atenção! Descubra agora se o BPC pode ser suspenso!

O Benefício de Prestação Continuada, também chamado por BPC, é um benefício instituído pela Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), ou Lei 8.742 criada em 7 de dezembro de 1993. De acordo com o Art. 20 podem receber o benefício: “O benefício

Recommended
Aprenda a bloquear e desbloquear o empréstimo consignado do INSS,…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat