Alterações na CLT pela Lei da Liberdade Econômica

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Alterações na CLT pela Lei da Liberdade Econômica – pequeno empresário deve se adequar

Entrou em vigor, em 20.09.2019, a lei que institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica, que trouxe algumas novidades no âmbito dos direitos do trabalho. Dentre elas, destacamos as modificações da CLT.

CTPS

A partir de agora a Carteira de Trabalho será preferencialmente digital e o empregado é identificado através do seu número do CPF. O prazo para a anotar admissão, remuneração e as condições especiais de trabalho foi aplicado para 5 dias úteis. Antes era de 48 horas.

Anotação de Jornada

Em relação à anotação da Jornada de Trabalho (registro de ponto), esta será obrigatória para estabelecimentos com mais de 20 trabalhadores. Cabe esclarecer que ‘Estabelecimento’ não é sinônimo de ‘Empresa’, haja vista que uma empresa pode ter diversos estabelecimentos, dentre eles o principal, as filiais, sucursais.

Desta forma, ainda que a empresa tenha, no total, mais de 20 trabalhadores, ela será obrigada a anotar o horário de entrada e saída apenas dos estabelecimentos que tenham 21 trabalhadores ou mais.

No caso dos trabalhadores externos, aqueles que executam funções fora do estabelecimento da empresa, o horário será anotado em registro manual, mecânico ou eletrônico em poder do próprio empregado.

Registro de ponto por exceção

Quanto às horas extraordinárias, a lei inovou ao permitir o registro de ponto por exceção que é a anotação apenas das exceções à jornada diária regular como, por exemplo, as horas extras, atrasos, faltas, folgas e outros acontecimentos que fujam da rotina.

Nessa situação, entende-se que a duração diária do trabalhador é regular e que o trabalhador inicia e termina a jornada no horário fixado no contrato de trabalho.

Esta modalidade só poderá ser utilizada pelas empresas que realizarem acordo individual escrito (empregado e empregador), convenção coletiva (sindicato patronal e sindical dos trabalhadores) ou acordo coletivo de trabalho (empresa e sindicato dos trabalhadores).

E-Social

Por fim, a Declaração determina a substituição do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias por um sistema simplificado que, segundo o Governo, exigirá 50% menos dados.

Considerações Finais

A Declaração de Direitos de Liberdade Econômica também altera os artigos do Código Civil quanto aos grupos econômicos, liberdade contratual, desconsideração da personalidade jurídica e inclui um capítulo sobre fundos de investimento.

Para saber mais, acesse o conteúdo integral da Lei: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13874.htm

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Validade Jurídica de Contratos Virtuais

Há algum tempo caminhamos para a virtualização de inúmeras relações, inclusive a assinatura de contratos. A tecnologia e os aplicativos cada vez mais modernos, nos permitem reunir e contratar a distância. Durante a pandemia, essa modalidade passa a ser importantíssima,

O que fazer com pacotes, hotéis e eventos cancelados

É sabido que o setor do turismo foi um dos mais afetados pelas restrições e medidas de combate ao Coronavírus e, desde o final de março, inúmeros hotéis e pousadas já suspenderam as suas atividades. Há poucos dias foi publicada

Recommended
O home office surgiu no Brasil no início dos anos…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat